Obrigado, mas o mérito não é meu.

O vídeo que ilustra este texto versa sobre uma jovem filha de lavadeira que concorre a uma vaga de trabalho. Suas notas a qualificam, mas inicialmente perguntada se o mérito era todo seu, ela inicialmente responde que sim para em seguida, instada a verificar as mãos de sua mãe, concluir que o mérito do seu preparo era de sua mãe, que tanto se sacrificara para que ela pudesse estudar.

o vídeo encerra com uma alusão ao amor de Deus por nós e que o mais próximo que se pode chegar em compreensão é entender o amor dos pais pelos filhos.

Muitas vezes nos esquecemos de olhar para trás e verificar nossa trajetória, lembrar de onde viemos, ver aonde chegamos e constatar tudo o que passamos para chegar até aqui. Quando o fazemos, quase sempre deixamos de relembrar um detalhe marcante, qual seja tudo o que nossos pais fizeram e passaram para que pudéssemos completar nossa caminhada.

Pois bem. Ao assistir esse video vivi outra vez toda minha trajetória, para ao fim e ao cabo chegar à conclusão de que se cheguei até aqui foi porque tive nos meus pais o alicerce em que foi edificada a minha vida. Foi o seu esforço que me fez chegar até aqui. Assim, gostaria de aproveitar este dia para dizer a vocês, Antonio José Muniz e Níusmar de Paula Barros Muniz, muito obrigado por tudo. O mérito é de vocês. 

Da mesma forma, gostaria de agradecer em nome dos meus filhos à mãe deles pela criação correta que procura lhes dar, mesmo sem deixar de lado seus estudos e seu trabalho, tanto que na data de 14/02/2017 teve seu nome listado entre os aprovados para o exame que dá aos bacharéis em direito o acesso aos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil e a ser chamado advogado. É, sem dúvida, um dos mais difíceis processos seletivos do Brasil.

A você, Janaina, o meu respeito e admiração. Se para um jovem egresso dos bancos universitários é difícil entrar para a OAB, muito mais é para quem levou 15 anos para obter o grau de bacharel pelas gravidez que enfrentou e pela dedicação aos filhos. Mesmo trabalhando em dois expedientes você mostrou que quando se tem perseverança se atinge o objetivo. Seu sonho se tornou realidade. A porta estava aberta e você se mostrou digna de entrar.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Obrigado, mas o mérito não é meu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s