A sombra e a escuridão

Ao longo dos últimos dois anos tenho sido um observador atento da política do nosso Estado, até mesmo pela curiosidade em ver como ele seria governado, já que desde a pré-campanha só se ouvia menção aos anos de abandono e atraso representado pelo grupo político do ex-Presidente José Sarney.

Lembro que se alardeava aos quatro cantos que aquele modelo político estava ultrapassado e que era chegada a hora de mudar, de testar o novo.

Naqueles dias me lembrava sempre da piada do político que chegava no inferno e encontrava ali o paraíso com muita festa, bebida, comida e mulher bonita. Como o céu para ele era um tédio, acabou pedindo pra voltar pro inferno e lá chegando só encontrou fogo, caldeirões e gemidos de dor. Ao perguntar pelas maravilhas do dia anterior foi informado que naquele dia eles estavam em campanha e como já tinham conquistado a alma do político não precisavam mais mostrar o que nunca foram. Hehehe

Qualquer semelhança é mera coincidência.

Durante os últimos dois anos pouco se viu o ocupante da principal cadeira do Estado de lá se levantar, a não ser para raríssimos eventos de Governo ou para se empenhar na manutenção do mandato da Presidente Dilma Rousseff.

A classe política teria sido abandonada. Recursos somente para poucos aliados e emendas parlamentares sem pagamento. Convênios passados continuariam pendentes.

Que pena.

Como diria Cazuza:

“Meu partido
É um coração partido
E as ilusões estão todas perdidas
Os meus sonhos foram todos vendidos
Tão barato que eu nem acredito
Eu nem acredito
Que aquele garoto que ia mudar o mundo
(Mudar o mundo)
Frequenta agora as festas do “Grand Monde”.

Assim passou a cantar parte significativa dos maranhenses.

Mas eis que após tanto marasmo, tanta escuridão administrativa, uma luz projetou uma sombra no cenário político maranhense.

Sem sair de casa, sem participar de eventos políticos, a ex-governadora Roseana Sarney começou a aparecer em algumas pesquisas de intenção de votos, segundo mencionado em blogs locais, liderando a corrida sucessória.

Foi o suficiente para que uma mudança substancial de postura ocorresse na Av. Pedro II. Como num passe de mágica a disposição da mudança voltou. Agora já se recebem os políticos, já se liberam convênios e emendas, já se participa de inaugurações e atos de governo.

Que maravilha. Chegaremos na próxima campanha com o “novo” mostrando que fez algo em quatro anos – ou seria apenas em ano e meio 🤔 – ; a ex-governadora mostrando tudo o que fez em 12 anos de governo e o que ainda pretende fazer; o Senador Roberto mostrando com sua experiência parlamentar o que é possível fazer; e alguns outros de menor expressão tentando passar alguma ideia de mudança.

Nesse contexto em que a sombra abalou a escuridão, que se faça luz para o bem do Maranhão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s