E mais uma porta se fecha

Hoje, lojas da Big Ben amanheceram com avisos nas portas informando que as atividades estão encerradas no Maranhão, com isso centenas de profissionais ficam desempregadas no Estado. Ao todo 20 lojas foram fechadas. A empresa começou a entrar em declínio em 2015, quando o dono, Andrés Esteves, foi preso pela Polícia Federal. Segundo informações outros quatro estados […]

via Farmácias Big Ben encerram atividades no Maranhão — A Fagulha

Estou no Município de Coroatá participando de uma série de audiências eleitorais. Para minha tristeza tive acesso a essa informação inicialmente por whatsapp e posteriormente pelos blogs, como este que aqui compartilho para compreensão dos fatos que culminaram com o fechamento da Rede de Farmácias Big Ben no Estado do Maranhão.

Sei que o declínio da empresa não vem de hoje, bem como que a crise atual tem grande responsabilidade por tudo isso, mas não tenho como não fechar os olhos e relembrar outras grande empresas que fecharam as portas nos deixando a saudade.

Volto ao passado levado pelas recordações da pujança da nossa velha Rua Grande. Não tínhamos shopping center naquela época e ela era a nossa rua do comércio, um verdadeiro centro comercial a céu aberto. Ali estavam as lojas mais charmosas da minha infância.

A Lobras – Lojas Brasileiras, para onde as crianças corriam em busca de bombons e os pais de outros utensílios; as Casas Pernambucanas que nos brindou com nossa primeira escada rolante e para onde nos dirigíamos para matutamente subir e descer nas escadas fazendo poses e posando para fotos; a Mesbla com seu charme cosmopolita e sua variedade de bens de consumo era um caso a parte. Seus potentes condicionadores de ar aplacavam o calor dos nossos dias mais quentes de verão. Até mesmo o cheiro da loja era diferente e gostoso. A Ocapana, símbolo da elegância masculina com seus belos ternos; as Lojas Arpaso e suas roupas joviais; a Hallmark e seus produtos para adolescentes e presentes; Lojas Wang de produtos importados e tantas outras.

Dentre as cadeias de lojas não tenho como não registrar a tristeza pelo fechamento dos Supermercados Lusitana (tão símbolo de fazer supermercado que virou sinônimo pois era comum se ouvir a expressão “vou fazer Lusitana”) e supermercados confiança.

Que grande sentimento de perda.

Para mim as Farmácias Big Ben tinham um “Q” de Mesbla. Elas tinham um charme especial que as fazia ser mais que uma simples farmácia. Nelas se podia comprar não somente o remédio a um preço justo, mas também presentes, livros, perfumes, brinquedos, biscoitos, refrigerante, e uma infinidade de outros produtos.

Espero sinceramente que a nossa economia se recupere o mais rápido possível e que esta onda de quebra-quebra de empresas acabe. Serão vários os postos de trabalho que se fecham e mais pais de família desempregados.

Num futuro próximo desejo não mais pronunciar a frase título deste ensaio “e mais uma porta se fecha”, não somente no Maranhão, mas também no nosso querido Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s