Quem vazou a gravação do Reinaldo Azevedo?

PF diz que não incluiu áudio de Reinaldo Azevedo e Andrea Neves em autos http://gilbertoleda.com.br/2017/05/24/pf-diz-que-nao-incluiu-audio-de-reinaldo-azevedo-e-andrea-neves-em-autos/

A pergunta que não quer calar e que enche de dúvidas a todos que acompanham o cenário político e jurídico brasileiro é quem teria vazado a gravação da conversa entre o Jornalista Reinaldo Azevedo e sua fonte Andrea Neves?

Tão logo divulgado o áudio da conversa telefônica entre o Jornalista e Andrea, houve forte reação dos profissionais de imprensa e do direito, haja vista tratar-se de uma agressão à Constituição e à Lei que regulamenta as interceptações telefônicas. Em função disso, apressou-se a Procuradoria da República em negar que tivesse sido responsável pela divulgação sob o argumento de que estes dados não teriam adentrado em seu protocolo, transferindo a responsabilidade para a Polícia Federal.

Por sua vez a Polícia Federal disse que não foi a responsável pelo vazamento e foi além. Disse a PF que as gravações foram feitas por autorização do Ministro Facchin e que o MP tinha a gravação.

Ora, se somente o Ministro Facchin, o Ministério Público e à Polícia Federal tiveram acesso à gravação; se não foi o Ministério Público quem vazou e a Polícia Federal diz que também não foi ela, então naturalmente ambos estão querendo dizer de forma velada que quem vazou a gravação foi o Ministro Facchin e ai este blog volta a um pedido feito recentemente: parem esse transporte de loucos que eu quero descer.

Impossível imaginar que um dos Ministros do Supremo Tribunal Federal que é o guardião da Constituição lhe tenha rasgado num dos direitos fundamentais e na garantia à liberdade de imprensa e resguardo da fonte.

Se já era difícil imaginar que o Ministério Público, que é o fiscal da lei, teria sido o responsável pelo vazamento, pior ainda, verdadeiramente impensável, é imaginar que tenha sido um Ministro do Supremo Tribunal Federal.

Assim sendo, ou alguém assume que é o pai dessa criança ou então estarão em clara suspeição todos os envolvidos. Neste momento inevitável que sejam todos afastados dessa investigação.

Este blog sempre ouviu o ditado que diz que se não foi Beltrano e nem Ciclano, foi o Divino Espírito Santo.

Uma coisa é certa e inarredável. Neste caso específico, o Divino Espírito Santo é completamente isento de participação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s