Desmentindo as pesquisas comunistas

Tenho estado ausente desse nosso canal de conversas abertas por estar me dedicando a duas causas que reputo importantíssimas para o Maranhão, quais sejam a formação de jovens universitários no curso de direito e a libertação do maranhense das garras cruéis do comunismo. Não por acaso, venho ao tema para dizer aos meus conterrâneos que Lobão é o 150, Sarney Filho é o 432 e que Roseana é 15.

20180927_2331441.jpg

A razão desse esclarecimento é simples. Os institutos de pesquisa que trabalham para o atual governo parecem desconhecer esses nomes e esses números,  haja vista que a seguirem com seus prognósticos de intenção de voto teremos uma eleição vencida por WO, ou seja, sem concorrentes ao atual governo. Ora, senhores, se a cada pesquisa somente o papada de porca cresce, juntamente com seus candidatos ao Senado, outro resultado não se pode esperar. Em suma: respeitem a inteligência do povo. Roseana não foi somente governadora por quatro mandatos, ela também foi prefeita por quatro mandatos. Nenhum prefeito, mesmo os grandes Cafeteira, Jackson e Mauro Fecury não fizeram mais por São Luís que ela. Talvez Haroldo Tavares e João Castelo tenham chegado próximo. A Roseana devemos a urbanização da Lagoa da Jansen tornando-a um ponto de turismo e lazer; a recuperação do projeto reviver e a elevação de São Luís a patrimônio da humanidade; todos os elevados com exceção do Alcione Nazaré; as grandes avenidas como a quarto centenário e a via expressa: a ponte que liga a Ferreira Goulart à Carlos Cunha na ilhinha; as Upas; a modernização do Carlos Macieira e a criação do hospital do servidor; o espigão costeiro; os vivas; a igreja de São Pedro na Madre Deus; a recuperação da igreja da Sé: a reestruturação e ampliação da UEMA; etc. No restante do Estado; mais de 800 escolas reformadas; milhares de quilômetros de estradas asfaltadas como a Barra do Corda a Grajaú e de lá a Porto Franco; mais de 60 hospitais construídos; o viva luz; o viva água; o meu primeiro emprego; a atração de grandes empresas para o Estado gerando milhares de empregos diretos e indiretos como a usina de pelotização da Vale; as acearias; as termoelétricas, a Suzano, e muitas outras. Enfim, governos de realizações, de grande importância para o Estado. Seu adversário não chegou nem a 10% de tudo isso e olha que citei pouco perto de tudo que ela já fez.

Ao seu lado na chapa majoritária temos o Senador mais experiente do Brasil, Edson Lobão,  Presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado e ex-ministro por duas vezes das Minas e Energia. O homem que conduziu e implantou o Luz para todos e que tirou da escuridão nada menos que 1 milhão e duzentas e cinquenta mil famílias maranhenses; que quando foi governador ficou conhecido como o governador das estradas de tantas que fez e asfaltou; que conseguiu a duplicação da BR em Imperatriz e o linhão de boa esperança com a construção da subestação de energia de Imperatriz; que nos deu a Avenida Litorânea e que se tornou Consultor da ONU sobre energia. Aonde tem Maranhão tem trabalho de Lobão. Também ao seu lado está o maior Ministro do Meio Ambiente de todos os tempos, um homem respeitado em todo o mundo; inúmeras vezes Deputado Federal. Sem dúvida o Senado é uma casa para pessoas experientes. Seus adversários diretos nem de longe se aproximam deles em Curriculum ou experiência parlamentar ou mesmo de vida.

IMG-20180922-WA0101

Demonstrado tudo isso, devo dizer a vocês que os números apresentados pelos institutos de pesquisa não podem refletir a realidade. Basta ver os arrastões do 15 por todo o Estado. Roseana nunca perseguiu ninguém. Só deu e transmite amor. Seu adversário direto, contudo, é aquele que sucateou a saúde e que em cujo governo se descobriu um escandalo de desvio de 18 milhões de reais hoje sob investigação da Polícia Federal e que resultou até mesmo no suicídio do principal operador do esquema. Foi no Governo do adversário de Roseana que foram tomadas as motos e carros dos trabalhadores do Maranhão; em que se aumentou os impostos que resultaram no fechamento de empresas e no aumento do desemprego. Nunca se viu tanto fornecedor sem receber e até os médicos já chegaram a passar mais de dois meses sem salário. Esse é o Governo do asfalto sonrisal usado desde 2016 para ganhar as eleições no Maranhão, consoante sentenciado pela Juíza de Coroatá. Agora, tudo se repete e outra vez o mais asfalto é usado dentro do período eleitoral para enganar o povo e conquistar seu voto. Esse é o Governo da mentira e da propaganda enganosa. É a primeira vez que um candidato a Governador concorre estando condenado em processo por abuso de poder, sendo declarado inelegível e tendo o pedido de registro de sua chapa impugnado. Sub judice, portanto. O povo do Maranhão não pode ter ficado cego e surdo de uma hora para outra. Não vai repetir o erro de entregar o Governo ao comunismo que apoia os responsáveis pela corrupção do Brasil e os regimes ditatoriais.

IMG-20180922-WA0248

Os arrastões do 15 são a melhor pesquisa e o mais certo termômetro da eleição. Milhares de pessoas saem de suas casas para ver de perto, aplaudir e abraçar a guerreira do povo. Foi assim nas recentes visitas ao baixo Parnaíba em estrondosos encontros em Magalhães de Almeida, São Bernardo, Santana, Santa Quitéria e Brejo; foi assim em Chapadinha e em Barreirinhas; foi assim na região dos cocais; na região do Munim; no médio mearim; na região tocantina com a força do Prefeito Assis e do Vice Ribinha Cunha; está sendo assim em todo o Maranhão. Não por acaso estão desmentindo as pesquisas comunistas. Vamos para o segundo turno meu povo. Temos que libertar o Maranhão do comunismo. Faltam 10 dias para as eleições. Vamos trazer para votar no 15 os indecisos. Mostrem tudo o que Roseana já fez pelo Maranhão e tragam de volta aqueles que se iludiram pela mentira de mudança do comunismo. Ao povo eu peço que não troque seu voto por benefícios passageiros. Se você votar no comunista atendendo ao pedido do seu líder político amanhã você vai se arrepender. É a sua moto ou meio de transporte que poderá estar sendo apreendido e sendo vendido em leilão.

 

#quemvotaembolsonaronaovotaemcomunista

Distribuam esse texto e essa hastag para todos os seus amigos e familiares. Vamos lutar juntos contra os comunistas. Vote no 15.

 

 

Anúncios

Maranhenses em destaque

Nesta última semana, os três Senadores maranhenses estiveram em destaque na mídia nacional. Sua atuação parlamentar relacionada ao pedido de cassação do Mandato do Senador Aécio Neves no Conselho de Ética do Senado e as matérias relacionadas à Comissão de Constituição e Justiça, notadamente no que concerne à aprovação da reforma trabalhista e à sabatina de Raquel Dodge mostraram a respeitabilidade dos nossos parlamentares.

O Senador João Alberto, em ação destacada por este blog em João Alberto: um político de coragem, cabra macho sim senhor., já havia sido matéria nacional quando acertadamente decidiu arquivar, por falta de provas, a representação por quebra de decoro parlamentar contra o Senador Aécio Neves. Voltou a ser notícia em função do problema de saúde que o levou a colocar um marca-passo e retornou hoje às manchetes quando a Comissão de Ética do Sendo decidiu, por maioria, manter sua decisão de arquivar a representação. Pesou nesse resultado a decisão do Ministro do STF, Marco Aurélio, de devolver ao Senador o livre exercício do seu mandato, aqui destacado em O mandato “di a é ci ô” é do povo, mas também a solidez das razões apresentadas por João Alberto de Souza.

Edison Lobão, o mais experiente Senador em exercício no Senado Federal, na condição de Presidente da comissão mais importante daquela Casa, a de Constituição e Justiça, foi o responsável por indicar Romero Jucá para relator da reforma trabalhista na CCJ. Com pulso firme, porém com a fidalguia que lhe distingue entre seus pares, conduziu a análise e votação sem maiores percalços, garantindo sua aprovação. A matéria segue para deliberação Plenária.

Não bastasse isso, escolheu ainda o Senador Roberto Rocha para relatar a indicação de Raquel Dodge para o cargo de Procuradora Geral da República, fato aqui analisado em Agora é DODGE. Mesmo sendo Senador de primeiro mandato, a experiência parlamentar como Deputado do herdeiro político de Luís Alves Coelho Rocha lhe garantiu uma análise rápida e consciente da qualidade da postulante ao Cargo, a qual classificou como como detentora de experiência inquestionável. Agora, segue a sabatina constitucionalmente exigida que será realizada no dia 12 de julho.

Não bastasse o protagonismo dos Senadores maranhenses, outro também merece destaque. Mesmo sem mandato, o ex-Presidente José Sarney segue como grande apoiador e conselheiro do Presidente Temer. Do alto de sua larga experiência tanto no Poder Executivo quanto no Poder Legislativo, Sarney tem mostrado grande força e fôlego para auxiliar nas relevantes questões nacionais, sempre se colocando à disposição quando é convocado, fato já também aqui destacado em José Sarney: um vulto da Pátria .

Em que pese o grande esforço feito pelo Eliott Ness tupiniquim pra incriminar os nossos representantes com base em fragilíssimas delações premiadas e colocá-los na lista negra dos denunciados – fato inclusive destacado quanto ao Ex-Presidente Sarney, pelo Ministro Gilmar Mendes, em recente julgamento no Supremo Tribunal Federal – os políticos maranhenses seguem dando o tom na República e não por acaso continuam a ser extremamente respeitados.

Para tristeza de alguns poucos, os maranhenses continuam em destaque e graças a Deus trabalhando por muitos.

Até quando, senhor Janot?

Durante todo o período em que acompanhamos, atônitos, o desenrolar da operação lava-jato, observamos uma tentativa constante de alcançar aqueles que seriam as grandes figuras públicas do PMDB, como se eles fossem os responsáveis pela corrupção desenfreada que, segundo Joesley Batista, teria sido institucionalizada com a ascensão ao Poder do Partido dos Trabalhadores.

Foi assim com Romero Jucá, Renan Calheiros e José Sarney, os quais foram acusados de tentar barrar a Lava-Jato porque emitiram uma opinião pessoal. Tem sido assim com o Presidente Michel Temer em decorrência do nebuloso acordo de delação premiada dos executivos da JBS Friboi e após a divulgação da gravação ilegal (circula pelas redes sociais que em função do Presidente não ter aceito apoiar sua pretensão por um terceiro mandato para a Procuradoria Geral). Tem sido assim desde 2014 em relação ao Senador Edison Lobão, a quem tenta vincular ao petrolão (coincidentemente quando o filho do Senador disputava o Governo do Maranhão contra o irmão do seu amigo, sub-Procurador e preferido candidato a sua sucessão).  

Respeite a história do PMDB e de seus líderes. Esses homens, cuja biografia Vossa Excelência macula através de pedidos de abertura de inquérito baseados em delações premiadas, foram e são responsáveis pela construção do Brasil moderno. Antes mesmo do senhor pensar em ingressar no curso de direito eles já dedicavam sua vida ao nosso País e aos brasileiros. Os Senadores maranhenses possuem enorme respeitabilidade nesta Republica e não por acaso presidem as comissões mais importantes do Senado.

Já disse e repito. Delação premiada não é prova. É meio para obtenção de prova. Sozinha não serve para condenar ninguém, mas no momento em que é utilizada para promoção de procedimentos judiciais, como prisões preventivas ou pedidos de abertura de inquérito com vazamento de depoimentos, causam grande prejuízo àqueles que figuram no polo passivo e quando se constata que não foram suficientes à persecução penal, mesmo com o arquivamento, os danos são irreversíveis. A grande prova disso foi o resultado da eleição maranhense para o Governo do Estado. A exploração midiática da ação ministerial levou à vitória o adversário do filho do Senador Lobão.

No que concerne ao Senador Edison Lobão, dos seus 81 (oitenta e um) anos, 55 (cinquenta e cinco) anos foram dedicados ao serviço público brasileiro e destes, 39 (trinta e nove) anos são de mandatos eletivos. Isso quer dizer, senhor Procurador, que por todo esse tempo o povo do meu Estado, o Maranhão, confiou a ele sua representação no Congresso Nacional. Só no Senado ele está desde 1986, saindo apenas para ser Governador do Maranhão e Ministro das Minas e Energia por dois momentos.

Este blog não precisa lhe dizer, vez que Vossa Excelência é inteligente demais para precisar ser lembrado, que a Petrobrás tem autonomia financeira e administrativa, não precisando de aval do Ministério para contratação de suas empreiteiras. O ex-Ministro já teve três inquéritos arquivados (se não falha a memória) justamente pelo fato de delação não ser prova, o que faz dos seus delatores grandes mentirosos. E agora, não satisfeito, o senhor pede pra abrir inquérito para investigar o Senador por ser, na sua concepção,  “sócio oculto” da holding Diamond Mountain Group. Parece brincadeira. Sócio oculto é risível.

Por fim, este blog vai responder à pergunta título desta matéria. Até quando, senhor Janot? Felizmente até o fim deste seu mandato em setembro deste ano. As pessoas já estão sem paciência para suas invencionices e para os incontáveis prejuízos já causados para a imagem de pessoas de bem e para a economia do nosso País. Os milhões recuperados nem de longe se aproximam do prejuízo que seu acordo de delação com os executivos da JBS Friboi causou ao Brasil ou das quedas do mercado em decorrência de suas operações, segundo se vê facilmente na internet.

Se aposente e vista um pijama porque este blog espera sinceramente que nenhuma OAB do Brasil lhe receba como advogado. Vá pescar para pensar na vida e no mal que vem causando ao Brasil.

Se conscientize que Vossa Excelência não é o Eliot Ness e que seus auxiliares não são os intocáveis. Que o diga o que está preso e aquele que deixou o MPF para intermediar a leniência da JBS, cujos nomes não vale nem a pena relembrar.

 

 

 

Ana, Juliana ou Roseana

Para muitos, tudo teria começado em 1990 quando ela se lançou candidata a Deputada Federal. Seus lindos e longos cabelos cacheados e sua simpatia incomum hipinotizaram o Maranhão de tal forma que ela obteve a maior votação da época. A assessora parlamentar que tanto influenciava o Brasil nos bastidores do poder agora tinha um mandato popular.

Antes mesmo de terminado seu primeiro mandato, sua experiência e habilidade política seriam colocados à prova quando convocada para a articulação que levaria ao impeachment do Presidente Collor. Foi aprovada com louvor e seu destaque nacional a levou a disputar pela primeira vez o Governo do Estado do Maranhão, tendo sido vitoriosa. Iniciava-se uma nova fase de crescimento para o nosso Estado.

Aqueles que acompanham nossa política sabem que o Maranhão teve grande crescimento estrutural nos Governos de José Sarney (quando saímos literalmente das trevas); João Castelo (durante a expansão estruturante do período militar); e mais recentemente com ela (em seus 4 mandatos) e seu jeito diferente, mas firme de governar. Ao seu lado, sempre aconselhando e ajudando a carrear recursos, estava uma bancada Federal atuante, capitaneada pelo Presidente Sarney e pelos Senadores Lobão e João Alberto.

Além dos milhares de quilômetros de estradas que cruzam o nosso Estado, ela foi responsável por obras importantíssimas de mobilidade urbana como os elevados da Casa do Trabalhador, Cohama, Cohab e as avenidas Via Expressa e 4. Centenário. O maior programa de Saúde do Brasil foi iniciado em seu Governo, isso para citar apenas alguns dos grandes projetos que implementou.

Eu que tanto ando pelo interior do nosso Maranhão pude constatar e posso atestar que o nosso povo está carente e mal tratado. Em todos os cantos aonde chego a pergunta que me fazem é se ela vai voltar para retomar o crescimento do nosso torrão. O povo quer dias melhores e hoje tem convicção de que quem melhor cuidou dele foi ela.

Lembro que na última campanha para o Senado o jingle do Senador Lobão bem refletia a importância dessa parceria para o crescimento do nosso Estado. O povo quer essa parceria de novo. Quer Roseana no Governo e Lobão no Senado. A música a que me refiro ganhou o Maranhão e para um aficcionado em jingles de campanha como o titular deste blog era animador ouvir sua estrofe principal:

“É Roseana aqui,

É Lobão em Brasília,

É São Luís que cresce, 

É Imperatriz que brilha”

A minha memória por jingles chega aos meus 9 (nove) anos. Lembro de “João Castelo é quem está com o povo, Castelo é gente nossa para um Maranhão novo”; “Cafeteira, tem a vida de um lutador, Cafeteira é povo unido, meu Governador”; ” Lobão, Lobão, o Maranhão precisa de Você “; e tantos outros, inclusive nacionais como o de Ulisses “bote fé no velhinho, o velhinho é demais”; Covas “e pra mudar é só votar em Mário Covas” e  Lula “Lula lá, brilha uma estrela” para Presidente.

Nos últimos anos, como uma mãe que pega um filho no colo para cuidar, Roseana cuidou do Maranhão. Sua sensibilidade feminina mostrou o que era necessário fazer e como fazer. Ela tem a cara do nosso povo. É valente e destemida como toda mulher Maranhense e não por acaso, foi o jingle que nomeia esse post quem melhor lhe definiu e mostrou a todos o quanto nosso Estado quer ser tratado com zelo e amor.

Amor de mãe, de Maria, de Fernanda, de Adriana, ou como diz a música “Me chamo Ana, Juliana, Roseana, eu sou a mulher”.

Volta, Guerreira. O Maranhão precisa de Você. O Maranhão clama por você.