Um amigo pra chamar de seu

Renato Teixeira, um dos maiores compositores brasileiros, certa vez escreveu sobre a amizade. Sintetizou, como poucos, um sentimento que não pode ser medido ou tocado, mas apenas sentido. Disse o poeta com maestria:

“A amizade sincera é um santo remédio

É um abrigo seguro

É natural da amizade

O abraço, o aperto de mão, o sorriso
Por isso se for precisoConte comigo, amigo disponhaLembre-se sempre que mesmo modesta
Minha casa será sempre sua
Amigo
Os verdadeiros amigos
Do peito, de fé
Os melhores amigos
Não trazem dentro da boca
Palavras fingidas ou falsas histórias
Sabem entender o silêncio
E manter a presença mesmo quando ausentes
Por isso mesmo apesar de tão raros
Não há nada melhor do que um grande amigo”.
Poucos são aqueles que conseguem compreender a extensão da palavra amigo. Por vezes, ao longo do tempo, nos deparamos com pessoas a quem lhes damos esse atributo. Com o passar dos anos, pela dinâmica da vida, a distância se impõe. Contudo, o sentimento não se esvai. Ele está presente nas lembranças gostosas, nas fotografias e imagens com as quais recordamos momentos especiais e isto, se é possível, deve-se à genialidade humana que nos brindou com a possibilidade de perpetuar passagens inesquecíveis de nossas vidas.
Screenshot_20171111-021138
Screenshot_20171111-021325
Nessa semana que passou, tive a possibilidade de reencontrar amigos de uma vida que, mesmo distantes, se aproximam através da força das redes sociais. Amigos que o Colégio Dom Bosco do Maranhão deu. A cada ano nos reunimos para celebrar a vida e relembrar fatos que marcaram a nossa trajetória e o fazemos sempre na passagem pelo Brasil da nossa amiga Patricya, hoje radicada na Alemanha. Mais uma vez tivemos um momento inesquecível de puro sentimento. O tempo não teve como apagar um amor escolhido. Escolhemos amar uns aos outros naquele que talvez seja um dos mais fortes vínculos, o amor de amigo. Através dele rejuvenescemos, seja nas lembranças, seja no carinho que nos une. Patricya retornou à Alemanha e tenho certeza que plena de vida, renovada na energia trocada com todos os seus. Agora aguardamos a vinda de Thais, hoje radicada em Baltimore, nos Estados Unidos. Tenho certeza que haveremos de lhe dar a força de um abraço sincero, eivado de um carinho puro, singular.
Screenshot_20171111-021236
Após uma semana difícil e conturbada, hoje voltei ao convívio de outros grandes amigos. Compadres, enfim. Lembro como se fosse hoje o dia em que nos encontramos no Condomínio Eco Villaggio vistoriando a obra das nossas casas. Nos tornamos inseparáveis a partir daí. Quando decidimos que chegara a hora de mudar, trouxemos eles conosco, Graça e o lorão, além do portuga e depois o terrorista. Eles saberão quem são. Ainda que breve, serviu novamente para renovar os laços de amizade que nos une. Se já não confraternizamos mais todas as sextas, pelo menos nesta do dia dez revivemos a possibilidade de programar a viagem dos cinquenta anos do meu compadre, vez que na dos quarenta estávamos todos juntos, o Red Group, na Pousada da Neblina em Ubajara-CE, coincidentemente quando descobri que seria pai pela segunda vez.
Screenshot_20171111-021836
Que venham mais esses instantes de alegria. Poderemos todos dizer que temos um amigo pra chamar de seu. Que todos também possam dizer o mesmo.
Que Deus conserve a amizade sincera.
Anúncios

Amizade sincera

Durante todo o dia de hoje eu recebi manifestações de carinho pela passagem do dia do amigo. Pessoas do presente e do passado, que vivem próximo ou distante, reais e virtuais dedicaram uma parte do seu precioso tempo para demonstrar o quanto é significativo fazermos parte da vida uns dos outros e isto me fez muito feliz. Em decorrência disso foi inevitável relembrar a inesquecível canção da América magistralmente interpretada por Milton Nascimento:

“Amigo é coisa pra se guardar
Debaixo de sete chaves,
Dentro do coração,
assim falava a canção que na América ouvi,
mas quem cantava chorou ao ver o seu amigo partir,
mas quem ficou, no pensamento voou,
com seu canto que o outro lembrou
E quem voou no pensamento ficou,
com a lembrança que o outro cantou.
Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito,
mesmo que o tempo e a distância, digam não,
mesmo esquecendo a canção.
O que importa é ouvir a voz que vem do coração.
Pois, seja o que vier,
venha o que vier
Qualquer dia amigo eu volto a te encontrar
Qualquer dia amigo, a gente vai se encontrar.”

São tantos os caminhos trilhados, escolhas feitas que influenciaram diretamente no presente, palavras ditas que fomentarão o futuro. Amigo não é imposto, é escolha e muitos dos quais se fazem para uma vida inteira. Não precisa haver o contato diário, ainda que as redes sociais tenham favorecido isso. O que importa, realmente, é saber que ele (a) está lá, sempre disposto (a) a lhe dar um abraço ou lhe ceder um ombro para derramar uma lágrima.

Eu posso dizer que tenho grandes amigos, alguns de mais de 44 (quarenta e quatro anos). São amigos que a escola me deu, outros que conquistei com o esporte, outros com o trabalho, vizinhança e outros mais que vieram em decorrência de parentesco. São amigos queridos ou, como disse o poeta Renato Teixeira, constituem uma amizade sincera:

Screenshot_20170721-113133

“Amizade sincera é um santo remédio
É um abrigo seguro
É natural da amizade
O abraço, o aperto de mão, o sorriso
Por isso se for preciso
Conte comigo, amigo disponha
Lembre-se sempre que mesmo modesta
Minha casa será sempre sua
Amigo, os verdadeiros amigos
Do peito, de fé
Os melhores amigos
Não trazem dentro da boca
Palavras fingidas ou falsas histórias
Sabem entender o silêncio
E manter a presença mesmo quando ausentes
Por isso mesmo apesar de tão raros
Não há nada melhor do que um grande amigo”

IMG-20170721-WA0107

Tantas alegrias, sorrisos, tristezas, suores, olhares, abraços que preenchem uma vida. Voltar os olhos para o passado e ver aqueles que sempre estiveram conosco, lembrar dos que partiram pra nunca mais voltar e daqueles que estão ausentes, mas que amanhã poderão estar de volta fizeram ter a certeza de que tudo o que foi construído não se deu ao acaso. Foi uma confluência de tempo e sentido, vontade e oportunidade. Para todos aqueles que estão distante, trago a filmagem do nosso fim de tarde na nossa ilha querida, de encantos, cores, sabores e amores. Nosso berço encantado aonde tudo nasceu.

 

 

Não nos esqueçamos das nossas origens e tenhamos saudade de voltar para estar juntos outra vez, de braços dados, ombreados no único propósito de sermos felizes e construir um futuro melhor.

Existe, contudo, amigos especiais que são um presente de Deus. Eles estão ao nosso lado desde o nascimento. Nos dão a vida, nos ajudam a trilhar o bom caminho e nos preparam para o amanhã. Eles sempre estarão lá, ao seu lado, sorrindo ou chorando. São sua mãe e seu pai.

De sangue ou não, o importante é tê-los sempre presente, de corpo ou de mente, uma amizade sincera guardada e alimentada bem no fundo do coração.

Feliz dia do amigo.