Quando o fim da opressão desponta no horizonte

Ao longo do tempo, a história nos mostra que sempre que um povo está oprimido; que lhe falta a tranquilidade para produzir e viver; e sempre que o fardo dos impostos está além do que pode aguentar os seus ombros; surge com toda a força, na sociedade, o sentimento de revolta e o desejo de libertação e mudança. No Maranhão não é diferente.

Quatro anos atrás, ludibriado por um grande projeto de marketing político, o povo do Maranhão foi levado a acreditar que precisava confiar no novo; que mudanças urgentes eram necessárias e que era preciso eleger um governador que não fosse aliado do ex-presidente José Sarney, cujas orientações significariam o atraso político. Pura enganação. Triste engano.

A ex-Governadora Roseana Sarney deixou em caixa cerca de 2 bilhões de reais provenientes de um empréstimo para obras estruturantes conseguido junto Ao BNDES e mais um Estado enxuto, com as finanças em dia e um planejamento estratégico definido. Tudo foi jogado fora.

Três anos depois da saída dela, o atual ocupante do Palácio dos Leões afirmou que o Estado estava falido, sem recursos. Nunca apresentou uma obra estruturante diferente das planejadas e iniciadas por Roseana e pior: não paga ninguém vivo, a não ser as pessoas próximas do Poder. Não por acaso, inúmeros fornecedores chegaram a fazer manifestações no final do ano passado em prol do recebimento do que forneceram.

Não bastasse isso, na sanha louca de arrecadar a qualquer custo, ampliou o senhor governador  (com letra minúscula mesmo) a base tributária, passando a cobrar mais de muitos e liberando poucos. Nunca se viu tanto pequeno comerciante pagando tributo. Não bastasse isso, nunca se viu também tanto pai de família ter seu meio de transporte apreendido por dívidas de Impostos com imediata venda do bem em leilão. Aquele cidadão, como jurista, deveria saber que débito tributário se inscreve na dívida ativa e se promove a execução fiscal, nunca se apreende o veículo tampouco se leva ele a leilão.

Contra tudo, ouvindo o povo e mostrando que tudo isso está errado; que nunca foi assim e pregando união pelo fortalecimento partidário; demonstrando tudo o que já fez pelo Estado e plantando a esperança de que o Maranhão pode mudar esse quadro e voltar a crescer, a ex-Governadora do Maranhão por quatro mandatos Roseana Sarney começou a visitar o Estado e mostrar que é possível avançar e crescer sem tirar o couro do nosso Povo. Roseana nunca tributou o pequeno comerciante e nem perseguiu os mais humildes. Muito pelo contrário. Roseana sempre ajudou o mais pobre.

É de Roseana o programa “primeiro emprego”. É dela a isenção de pagamento de água e luz para famílias de baixa renda. Foi quem mais fez e recuperou estradas. Foi Roseana quem mais construiu hospitais. Foi ela quem mais fez obras estruturantes no Estado. Roseana trabalhou incansavelmente pela melhoria de vida do povo do Maranhão e agora ela presta contas de tudo o que fez. Basta comparar quem fez mais e o povo maranhense sabe que quem fez mais foi Roseana.

Multidões tem saído de suas casas para ver Roseana e dizer o quanto era bom quando ela era Governadora; pra dizer o quanto era bom sair de casa pra trabalhar sem o medo de ter sua moto apreendida; sem ter que pagar tantos impostos.

Sempre que a opressão e o grande número de impostos massacram o povo ele clama por mudança. O fim da opressão desponta no horizonte. Hoje o povo diz volta Roseana e grita em alto e bom som que sendo Ana, Juliana ou ROSEANA o maranhense quer é a MULHER.

Anúncios

Ela está voltando

Desde 20 de dezembro próximo passado que não tenho tido grandes motivos para sorrir, sendo exceção as boas notas dos meus filhos, as festas de fim de ano e a recente inauguração do segundo trecho duplicado da BR 135, quando o Senador João Alberto disse boas verdades ao atual ocupante dos Leões. Hoje, contudo, foi diferente. Hoje voltei a sorrir.

Pela primeira vez desde dezembro tive um dia sem dores; fui incluído em um grupo de Whatsapp destinado a rediscutir a OAB; levei um grupo de amigos de Bom Jesus das Selvas para conversar com a Governadora Roseana Sarney e, por fim, fui acompanhar o início do mundialito de 3 tambores no haras 4 Irmãos na Raposa, município da grande ilha de São Luís. Não sei em qual me senti melhor. É claro que o controle da diverticulite é animador, mas fazer politica com amigos é fora de série. No que concerne à OAB estou convicto de que é necessário uma grande reflexão a respeito e o grupo Repense deu um bom pontapé inicial. Sobre o mundialito, my friend americana Mac10 esteve muito bem montando o garanhão golden palomino Westwind Upperclass. Foi show. De parabéns Luiz Almeida do haras 4 Irmãos pelo excelente mundialito que está sendo realizado dentro do Maranhão horse seson. De parabéns o professor André e sua equipe do CT André Lopes pelo belo treinamento que tem dado ao lindo cavalo.

No que concerne, contudo, à visita feita a Roseana, ela deu a todos a certeza de que é pré candidata e, para mim, será a próxima Governadora. Simpática como sempre, ela afirmou amar o Maranhão e que vai este ano em Bom Jesus das Selvas e região. Ela está voltando. A casa estava tão cheia que levamos 3 horas para falar com ela. Uma verdadeira romaria de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças querendo estar com ela. Lindo de se ver. Ela contou tudo o quanto fez por Bom Jesus das Selvas e municípios próximos e falou sobre as lideranças com as quais conviveu. Fiquei feliz em rever a esperança outra vez nos olhos do meu povo. Chega de opressão.

De todos os quadrantes do Maranhão os líderes políticos vem trazer a mensagem do povo: querem ela lá de novo e querem Lobão e Sarney Filho no Senado. Agradecida, ela mostra tudo o que já fez pelo Maranhão e o que ainda é possível fazer. Sim, o Maranhense voltará a sorrir. Ela estará outra vez com eles e eles com ela. De tudo só tenho uma certeza: papada de porca vai ter muitas noites em claro a partir de hoje. Como sou bonzinho, deixo pra ele um vídeo sobre a relação de amor entre uma grande mulher e aqueles que ela protege. Olha ela ai de novo, sempre nos braços do povo, o Maranhense não se engana, ele sabe que o seu futuro está nas mãos de Roseana. Lembra bem, papada. Não esquece. De hoje em diante fica sabendo, sendo Ana, Juliana ou Roseana, o Maranhão só quer essa mulher: